"Felicidade se acha é nas horinhas de descuido." Guimaraes Rosa

Seja bem-vindo!








terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Divã nela, meu caro Lacan


Engraçado como uma pessoa as vezes se emburrece. E o melhor: acha que é um gênio, um geek ou coisa do tipo. Subestima a inteligência alheia e acredita utilizar programação neurolinguística! Está mais para psicose...
Daqui uns dias marcas, bandas, autores, livros, bebidas, jargões, serão puros detalhes insignificantes de um moleskine recalcado. Lacan, please, porque Freud e eu não temos a mesma opinião acerca da intervenção para essa sujeita. Ainda bem que ela já começou a falar em Deus e sobre espiritualidade. Quem sabe isso podera salvá-la? Quiçá amenizar seu estado, ora! Caso contrário, só você, meu caro Lacan!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!