"Felicidade se acha é nas horinhas de descuido." Guimaraes Rosa

Seja bem-vindo!








sábado, 31 de dezembro de 2011

H O J E


"Tente entender o que pinto e o que escrevo agora. Vou explicar: na pintura como na escritura procuro ver estritamente no momento em que vejo -e não ver através da memória de ter visto em um instante passado. O instante é este. O instante é de uma iminência que me tira o fôlego. O instante é em si mesmo iminente. Ao mesmo tempo que eu o vivo, lanço-me na sua passagem para outro instante".

Clarice Lispector

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Doce espera


"Dizem que tudo o que buscamos, também nos busca e, se ficarmos quietos, o que buscamos nos encontrará. Há algo que leva muito tempo esperando por nós. Enquanto não chega, nada faça. Descanse. Você verá o que acontece enquanto isto."

Clarissa Pincola

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Divã nela, meu caro Lacan


Engraçado como uma pessoa as vezes se emburrece. E o melhor: acha que é um gênio, um geek ou coisa do tipo. Subestima a inteligência alheia e acredita utilizar programação neurolinguística! Está mais para psicose...
Daqui uns dias marcas, bandas, autores, livros, bebidas, jargões, serão puros detalhes insignificantes de um moleskine recalcado. Lacan, please, porque Freud e eu não temos a mesma opinião acerca da intervenção para essa sujeita. Ainda bem que ela já começou a falar em Deus e sobre espiritualidade. Quem sabe isso podera salvá-la? Quiçá amenizar seu estado, ora! Caso contrário, só você, meu caro Lacan!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

* * * *


"Os poderes eternos não têm favoritos, mas favorecem sempre os bons."
Tao Te Ching - Lao Tsé

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Que chuva chove?


O que chove?
É chuva de vida ou de pensamento?
Se chove tanto, chovesse mais...
Mais que chuva, mais que vento:
chovesse Céu.

Chovesse o Céu, eu voaria?
Ventaria feito papel?
Se eu voasse, nadaria?
Ou eu, pipa levada ao léu,
da chuva me encharcaria,
à mesma força que me nasceu?

Que chuva chove?
Se é de vida,
chovesse o Céu!

Célia de Lima

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

terça-feira, 8 de novembro de 2011

* Cor-de-rosa *


"Tem uma felicidade mansa por dentro, devagarinho. A casa bonita. Os dias bonitos. A roseira bonita. E pessoas novas - tem coisa melhor que gente? - Guardo o meu amor por dentro. É precioso. Precioso, delicado (…) As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz – se não tiver, a gente inventa."

Caio Fernando Abreu

! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !


"Cansei de jogar indiretas. Da próxima vez, jogo gasolina e acendo um fósforo."
Autor desconhecido

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

{ Decreto }


"Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor"

Fernando Sabino

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Colheita íntima


Não há nada neutro em nossas vidas

“Toda vez que respiro, eu planto.
Toda vez que penso, eu planto.
Toda vez que sinto, eu planto.
... Planto e colho o que sou.
Toda vez que decido, eu planto.
Toda vez que escolho, eu planto.
Todo o tempo eu planto e colho o que sou.
Não há nada neutro em minha vida.
Tudo em mim é importante.
Por isto eu decido: vou fazer as coisas certas, na intensidade certa”.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

```````````````````````


Por Ale em http://aledias-assim.blogspot.com/

= E n s a i o =


"Mas quem é que sabe como? Viver... o senhor já sabe: viver é etcétera."

Guimarães Rosa

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Diagnóstico do dia



Felicidade, é viver esperando o melhor e ter a certeza de que ela chegará!
Sonho, é viver acordada aproveitando cada conquista!
Grande, é ser indulgente para com as imperfeições alheias.
Força, é conseguir que nada perturbe tua calma!
Desperdício, é usar sabedoria sem caráter.
Abaixo a futilidade, o pedantismo e a hipocrisia.
Viva, literalmente, tudo o que é essência divina!
E, vamos logo que a jornada só parece longa e o caminho da felicidade afigura-se reto.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

* * * * * *


"Sorte é isto:
Merecer e ter."

Guimarães Rosa

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Som divino


Para trazer inspiração:

http://soundcloud.com/dalla-2/when-it-rains?utm_source=soundcloud&utm_campaign=share&utm_medium=twitter&utm_content=http://soundcloud.com/dalla-2/when-it-rains

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Efábulo


"Quem me dera encontrar o verso puro,
O verso altivo e forte, estranho e duro,
Que dissesse a chorar isto que sinto!"

Florbela Espanca

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Com licença poética


Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
— dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.


Adélia Prado

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Aumento


"Assim o homem superior: quando vê o bem, o imita. Quando tem falha, as descarta.(...)
Quando um homem recebe uma grande ajuda vinda do alto, deverá fazer uso desse aumento de força para realizar uma obra igualmente grande. Em outras circunstancias ele nao teria nem a força necessária para assumir as responsabilidades implicadas num tal projeto. (...).
o verdadeiro aumento ocorre quando um homem cria interiormente as condições propícias à sua manifestação, isto é, quando cutiva a receptividade e o amor ao bem. Dessa forma, aquilo pelo que ele anseia vem ao seu encontro com a inevitalidade das leis naturais. Estando assim o aumento em harmonia com as leis supremas do universo, não pode ser impedido por nehum conjunto de circunstâncias ocasionais. O homem deve conquistá-la através de seu pode interno e da constância. Isso o torna relevante diante de Deus e dos homeens, possibilitando-o realizar algo pelo bem do mundo. (...)

Hexagrama 42 - Aumento - I Ching

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Simples assim...


"(...)Quanto mais simplicidade
Melhor o nascer do dia."

Pato Fu

terça-feira, 28 de junho de 2011

Feliz Dia para Quem É



Feliz dia para quem é
O igual do dia,
E no exterior azul que vê
Simples confia!

Azul do céu faz pena a quem
Não pode ser
Na alma um azul do céu também
Com que viver

Ah, e se o verde com que estão
Os montes quedos
Pudesse haver no coração
E em seus segredos!

Mas vejo quem devia estar
Igual do dia
Insciente e sem querer passar.
Ah, a ironia

De só sentir a terra e o céu
Tão belo ser
Quem de si sente que perdeu
A alma p’ra os ter!

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Pequeno Tratado das Grandes Virtudes


Nehunha virtude é natural, logo é preciso tornar-se virtuoso. Mas como, se ja nao somos?

terça-feira, 7 de junho de 2011

Ah! Os relógios


"Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios...

Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida - a verdadeira -
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.

E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém - ao voltar a si da vida -
acaso lhes indaga que horas são..."

Mario Quintana

A verdade no salmo 27


O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?
Quando os malvados investiram contra mim, para comerem as minhas carnes, eles, meus adversários e meus inimigos, tropeçaram e caíram.
Ainda que um exército se acampe contra mim, o meu coração não temerá; ainda que a guerra se levante contra mim, conservarei a minha confiança.
Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.
Pois no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no recôndito do seu tabernáculo me esconderá; sobre uma rocha me elevará.
E agora será exaltada a minha cabeça acima dos meus inimigos que estão ao redor de mim; e no seu tabernáculo oferecerei sacrifícios de júbilo;
Ouve, ó Senhor, a minha voz quando clamo; compadece-te de mim e responde-me.
Quando disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração te disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.
Não escondas de mim o teu rosto, não rejeites com ira o teu servo, tu que tens sido a minha ajuda. Não me enjeites nem me desampares, ó Deus da minha salvação.
Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá.
Ensina-me, ó Senhor, o teu caminho, e guia-me por uma vereda plana, por causa dos que me espreitam.
Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois contra mim se levantaram falsas testemunhas e os que respiram violência.
Creio que hei de ver a bondade do Senhor na terra dos viventes.
Espera tu pelo Senhor; anima-te, e fortalece o teu coração; espera, pois, pelo Senhor.

domingo, 5 de junho de 2011


Vá, pensamento,
ao fundo da fonte incognoscível,
fonte do profundo silêncio.
Pensamento vá, traga-me o imperecível.
Sobrevoe os enovelados ecos de maledicência.
E não traga, senão o invisível.
Vá, assim tudo permanecerá em ordem.

Eu creio!


O bem há de vencer o mal!

terça-feira, 31 de maio de 2011

O caminho do meio


“Montanhas próximas umas das outras: a imagem da QUIETUDE.
Assim, o homem superior não deixa seus pensamentos irem além da situação em que se encontra. O coração pensa constantemente, isso não se pode mudar. Mas os movimentos do coração – isto é, os pensamentos – devem se limitar à situação de fato, ao contexto atual da vida. Todo pensar que transcende o momento apenas faz sofrer o coração.” I Ching, hexagrama Ken.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Aninha e suas pedras - Cora Coralina


Não te deixes destruir...
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Cora Coralina em "Aninha e suas pedras"

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Para alegrar os olhos e o coração


Augúrios de Inocência

Ver um mundo num grão de areia,
E um céu numa flor do campo,
Capturar o infinito na palma da mão
E a eternidade numa hora

Um tordo rubro engaiolado
deixa o céu inteiro irado
Um cão com dono e esfaimado
prediz a ruína do estado
Ao grito da lebre caçada
da mente, uma fibra é arrancada
Ferida na asa a cotovia,
um querubim, seu canto silencia....
....Toda noite e toda manhã linda,
uns nascem para o doce gozo ainda
outros nascem numa noite infinda
Passamos na mentira a acreditar
quando não vemos através do olhar
que uma noite nos traz e outra deduz,
quando a alma dorme mergulhada em luz
Deus aparece e Deus é luz amada
para aqueles que na noite têm morada
E na forma humana se anuncia,
para aqueles que vivem nas regiões do dia.

William Blake

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Proteção divina, dai-nos Senhor!

Deixa estar!


Porque muita coisa nessa vida acontece de trás pra frente. Deixa estar!

sábado, 16 de abril de 2011

Tempo de travessia


“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.”

Fernando Teixeira Andrade

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Minha melhor canção, simplesmente a melhor!



Tem dia
Tem noite
Que o sol fica dentro da gente
Nem banho de mar
Nem sombra de maciera
Fazem que o calor se expanda
Daí ouço essa canção
E o sol fica miudinho.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Perdão


Muitas idas e vindas
o curso natural da evolução.
Encontros e desencontros,
afetos e desafetos,
ensinamentos e aprendizados.
Pessoas sendo mestres e discípulos,
algozes e presas,
numa continua inversão de papéis.
Se vingam.
Círculo de vícios,
Vicioso.
Ergo-me, mais uma vez, pronto para o golpe certeiro.
Impiedosamente, me armo para o ataque.
Lembranças apagadas, mas vivas
alimentam minha ira.
De nada me recordo, mas meus olhos ardem.
Tenho fome de vingança,
justiça.
Círculo infindável.
Hoje, piso
amanhã,
Sou esmagado.

Mas,
algo em mim grita:
Não precisa ser assim !
O EU SOU é forte em mim
O círculo pode ser quebrado.
Círculo cármico
Forjado a sangue
Nosso sangue
Para chegar ao fim, preciso ir ao início,
à primeira gota
Retorno
Vejo
Sofro
Percebo
Perdoo
PAZ.

Luiz Alberto Werneck

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Namaaaaaaandaaaabuuuuuuu


“E tudo que eu criar pra mim
vai me abraçar de novo na semana que vem…”

Fernando Aniteli - O Teatro Mágico

Do lado de cá


"(…)O sofrimento acompanha sempre uma inteligência elevada e um coração profundo. Os homens verdadeiramente grandes devem, parece-me, experimentar uma grande tristeza – acrescentou Raskólnikov.(…)Não foi uma criatura humana que matei, foi um princípio! [pensou Raskólnikov]. Efetivamente matei o princípio, mas não soube passar por cima do obstáculo, fiquei do lado de cá… Não soube senão matar… E ainda assim parece que não fui muito bem… […] Eu só tenho uma vida, não posso esperar a 'felicidade universal'. Quero viver para mim mesmo, de outra maneira não vale a pena existir. […] Visto que só viva uma vez, quero a minha parte de felicidade imediatamente (...)."

Dostoiévsky em Crime e Castigo

Ainda bem


“Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos. E outros risos. E outras coisas.”

Caio F. Abreu

terça-feira, 12 de abril de 2011

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Madona do Cravo - Pintura de Leonardo da Vinci


“O único dom que me salva é a distração. Ela preserva minha sanidade.”
Markus Suzak

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Dó...


Descer do salto pode ser bom para a coluna, meu bem! Literalmente!

terça-feira, 5 de abril de 2011

Guardador de Rebanhos


"Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo...
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não, do tamanho da minha altura...
Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
Na cidade as grandes casas fecham a vista à chave
Escondem o horizonte, empurram o nosso olhar para longe
de todo o céu
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos
nos podem dar
E tornam-nos pobres porque a nossa única riqueza é ver."

Fernando Pessoa

segunda-feira, 4 de abril de 2011

É preciso não esquecer nada

É Preciso Não Esquecer Nada
É preciso não esquecer nada:
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
nem o sorriso para os infelizes
nem a oração de cada instante.

É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
nem o céu de sempre.

O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.

O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
a idéia de recompensa e de glória.

O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos severos conosco,
pois o resto não nos pertence


Cecília Meireles

..........................................................


“Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.”

Fernando Pessoa

sexta-feira, 1 de abril de 2011

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain


“São tempos difíceis para os sonhadores“

quarta-feira, 23 de março de 2011


"Se o maior fosse o melhor, o elefante seria o dono do circo." Rubem Alves

O tao e a psicanalise


Nesses momentos de equilibrio interior as adversidades e as fraquezas do homem se tornam ainda mais assustadoras. Ser forte e ocupar o caminho do meio é sobretudo ser humilde e aceitar os homens em sua tolice. Dicotomia esquizofrenica: quanto mais equibibrado, mais enxergamos o mundo. Harmonia e perversao, ainda que não, teimam em ser.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Felicidade


Um beijinho. Uma vovozinha. Um laço. Um abraço. Um fio. Um passado. Um traço.
Um jeito. Um papo. Uma vontade. Um tempo. Eterno, terno, tudo...
FELICIDADE e passo.

quarta-feira, 16 de março de 2011

= Identidade =


“Me nego a viver em um mundo ordinário como uma mulher ordinária.
A estabelecer relações ordinárias.
Necessito o êxtase.
Não me adaptarei ao mundo.
Me adapto a mim mesma.”

Anaïs Nin